top of page

DANILO ARENAS

"A gente já vive o que não acredita"

_____________________________________________________

_____________________________________________________

NO INVOCAÇÕES: A coragem de ser um fotógrafo brasileiro deixou de ser uma atitude para ser masoquismo. Entre dificuldades financeiras, decepções e mudanças de caminho, as muitas vidas de Danilo Arenas são uma representação de sua busca espiritual, que está em seus registros documentais. Com projetos muito distintos - e ainda assim muito similares -, o documentarista quer que os seus trabalhos sejam mais do que simples fragmentos. Ele quer que sejam sensoriais.

Entre tristezas e agonias, o Invocações desta semana apresenta todas as dificuldades de ser um amante da fotografia.

_____________________________________________________

MANHATTAN - HOST.png

MANHATTAN, HOST: Artista que utiliza a fotografia como sua principal ferramenta de comunicação e fundador da Agência Sangria.

Florianópolis, SC. 

4- DANILO ARENAS.png

DANILO ARENAS, CONVIDADO: Fotógrafo Independente, Documentarista e Diretor de Fotografia. Membro do Cego.Video.

São Paulo, SP.

SOBRE DANILO ARENAS

_____________________________________________________

QUOTE.png

A gente já vive

o que não acredita!

QUOTE.png

Da brutalidade das ruas de São Paulo para as desconhecidas vilas de Malawi, na África, o corpo de trabalho do documentarista Danilo Arenas percorre os mais distintos tipos de civilizações. Seja um rapper em ascensão em meio a uma cena de pura efervescência, uma comunidade indígena a muito explorada - e ainda assim pouco conhecida - ou  os costumes distintos e não convencionais de um dos países mais desconhecidos da África, a perspectiva de Danilo nos leva a em narrativas únicas e pouco exploradas.

Embora nos apresente dilemas do cotidiano, como a pobreza, o preconceito e a curiosidade, o trabalho de Danilo Arenas é único desde a sua forma de abordagem até a apresentação final. Talvez este seja o grande destaque deu seu trabalho, nos mostrar o comum através da inovação. Suas fotografias parecem ter sido esquecidas no tempo, mesmo que relatem os dias mais atuais.

img557.jpg
img543.jpg
img583.jpg

Com trabalhos publicitários, com a sua agência Cego.Video, a sua linguagem autoral consegue caminhar entre a direção de clips, de propagandas para marcas ou peças de divulgação.

Neste episódio do Invocações, Danilo relata todas as suas tristezas enquanto fotógrafo e, em tom pesado, suspira que se vendeu para o sistema e o dinheiro não é uma consequência da fotografia. para ele, o fotógrafo trabalha arduamente para chegar em um lugar desconhecido através do invisível, sem saber como chegar lá e quem poderia o guiar. Ele relata a desigualdade do emrcado e os valores de ser um fotógrafo autoral.  

QUOTE.png

A gente já vive

o que não acredita!

QUOTE.png

Entre críticas e descrenças, o fotógrafo comenta que a fotografia é, de fato, um mau necessário, onde apenas os fortes obrevivem e os fracos são dizimados por conta de um ideal que não existe. Uma fábula que tentou ser realidade e fracassou. A fotógrafia é bruta, é cara e não é igual, ela é justamente o contrário e cabe a cada um de nós torna-la novamente o que era antes. Um sonho.

MAIS NA SANGRIA

_____________________________________________________

CITADO NO PROGRAMA:

Leia mais sobre: Nego Bala: Buraco no Céu e Alerta Yanomami para o Mundo

CURADORIA:

ESPECIAL:

E-MAIL:

• Entre em contato conosco para interagir com este episódio do Invocações, com suas opiniões, críticas e sugestões, através do e-mail contato@agenciasangria.com

OUTRAS INVOCAÇÕES

_____________________________________________________

3 - ISIS MEDEIROS 2.jpg

INVOCAÇÕES COM ISIS MEDEIROS

"Conhecendo o Brasil profundo"

1 hora e 15 minutos • 02 de Setembro de 2021 

2 - URSO MORTO 1.jpg

INVOCAÇÕES COM URSO MORTO

"A gente já vive o que não acredita"

1 hora e 15 minutos • 26 de Agosto de 2021 

1 - TUANE FERNANDES.jpg

INVOCAÇÕES COM TUANE FERNANDES

"Conhecendo o Brasil profundo"

1 hora e 15 minutos • 19 de Agosto de 2021 

P1499367.jpg
bottom of page