top of page
Sangria_Fotografia_Logo_Branco-2.png

Pará em cor

por Cida de Souza

Fotografias de rua feitas em Belém do Pará. Dezembro de 2018.

 

Conheci o Brasil em 2018 quando fui pra Belém. Nasci em uma cidade que recebe muita gente de fora, nasci no sul e por lá fiquei até ser arremessada para outros cantos dessa terra imensa que chamo de minha. Meu chão que eu piso com força quando acho que o conheço bem.

Cheguei em Belém e fui tomada por barulho, cor, suor, risada, gargalhada, grito, correria e mistura. A cara do Brasil estava nas poses de quem esperava a vida acontecer, em quem me notava com a câmera na mão e me respondia com sorrisos e sinais, em quem me chamava pois via nos meus olhos que era de fora.

Conheci um Brasil que eu nem imaginava mas que chega mais perto de um Brasil do que qualquer cidade do sul que eu possa ir.

Não me senti fora do meu próprio país como já ouvi tantos falarem, me senti mais dentro do que nunca. Estava reconhecendo partes da minha terra como se alguém tivesse me arrancado pela raiz algum dia e agora estava me plantando de novo. 

Pará é saudade colorida que eu sinto dançar em mim. Meus dias por lá podem ser descritos como uma boa curadoria colorida e cheia de sabores na exposição da vida. 

Isso é Belém! Isso é Pará! Isso é Brasil!

bottom of page